Aleluia! Sergipe aumenta investimentos em 70%. Mas… média nacional foi 115% e nos vizinhos Alagoas e Bahia, 95% e 216%, respectivamente

Quem acompanha o AndersonsBlog sabe o quanto a casa aqui luta para combater o complexo de vira-latas que nos acomete. Mas isso não significa passar o pano ou a mão na cabeça. Quando está certo, elogios! Mas quando está errado, amigo e amiga, aí o pau come na casa de Noca, sem dó nem piedade. E é essa segunda situação que vai rolar agora: durante a semana passada, sem nenhuma cerimônia, o Governo de Sergipe se esforçou ao máximo para vender a ideia de que o Estado se tornou o paraíso na terra por conta do aumento dos investimentos públicos, aqueles realizados pelo próprio governo. Tudo bem, tudo certo, sabemos que se trata de ano eleitoral e que o acréscimo, nos dois primeiros meses deste ano, de 70% nos investimentos é bem-vindo – mas bom mesmo seria se se tratasse de investimento privado aumentando, pois esse não tem correlação com eleições e nem com o interesse de manutenção de poder, né não? Acontece que o número sergipano é bem abaixo da média de crescimento de todos os Estados brasileiros, que aumentaram seus investimentos, em média, em 115%. Primeiro ponto negativo, portanto, para Sergipe. Mas a coisa piora ainda mais: Alagoas, que é similar em muita coisa com Sergipe, em termos de dimensão geográfica e população, deu um sonoro balão na gente, aumentando seus investimentos em 95%! Mas o baile, a goleada mesmo veio do nosso outro vizinho: a Bahia aumentou, em janeiro de fevereiro, na comparação com o mesmo período do ano passado, em nada menos que 216% os seus investimentos públicos. Ou seja: os 70% de Sergipe já são alguma coisa, vá lá! Mas a gente segue perdendo feio, seja na média, seja pros nossos vizinhos, por uma questãozinha básica: em termos de gestão pública, nós seguimos tomando porrada em cima de porrada, pois tem gente mais qualificada nos governos de lá do que no daqui. Simples assim! Triste assim!

Deixe um Comentário