Eleições 22: se Jackson Barreto segue no MDB, que está presidido por Clovis Silveira, que apoia Rogério Carvalho, com quem vai JB?

Mesmo se nada de extraordinário acontecer daqui pra outubro, ainda assim as Eleições 22 já podem ser consideradas históricas. Afora toda a doideira que está sendo a adaptação dos políticos ao regramento atual do pleito, ainda temos situações diferenciadas surgindo a toda hora. Vai vendo! AndersonsBlog abdicou de falar sobre as filiações durante a janela partidária pra economizar seu tempo de leitura. É que, na verdade, o que foi montado até sexta, 1º, quando políticos com mandato tiveram encerradas as possibilidades de trocar de partido, e também até sábado, 2, quando políticos com mandato no Executivo tiveram que renunciar, bem como cidadãos “comuns”, daqueles sem mandato, mas com vontade de ter, também viram o prazo se encerrar, o que vai valer mesmo é o que vier a partir de agora. Mas, com esses prazos cabais tendo terminado, o que temos são algumas situações que vão precisar de respostas claras. Numa delas, o ex-governador Jackson Barreto garantiu que seguiria no MDB. E pelo seu silêncio sepulcral de sábado até o momento em que estas linhas estão sendo escritas, a possibilidade de ter ficado mesmo no mesmo partido são grandes. Acontece que o comando estadual do MDB passou para as mãos do empresário Clóvis Silveira, que até a sexta estava quase de malas prontas para ir pro Solidariedade, mas que já tinha tratativas emedebistas anteriores adiantadas. E na própria sexta, o próprio Clóvis hipotecava, em entrevista ao grande Narcizo Machado, da Fan FM, que estava com os dois pés na canoa do projeto governamental do senador Rogério Carvalho (PT). Como JB disse que só quer saber do Senado, vaga em que disputa com o deputado federal Laércio Oliveira (PP) a indicação de pré-candidatura da base governista, o MDB fica ou vai com Rogério? E JB fica no governo ou vai compor com o PT e a base rogerista? Esta semana que está começando deve ter respostas pra essas e pra outras perguntas que, aí sim valerão textos e mais textos da imprensa especializada. Além de postagens nas redes sociais de todos os envolvidos. Mas é ou não é interessante demais ver que nem tudo o que foi dito valerá e nem tudo o que valer virá daquilo que foi dito um dia? Peeeeeense!

1 Comentário

Deixe um Comentário