Geógrafo sergipano Luiz Carlos Sousa Silva coordena Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas do Brasil

Esse bairrismo de AndersonsBlog é pra valer, viu? Sim, porque aqui já fomos taxados de “extrema direita”, por gabar o deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) pelo seu destaque nacional na sigla que defende, e de “extrema esquerda”, por louvar a ascensão do senador Rogério Carvalho (PT) na mesa do Senado. Quero ver agora! É que o geógrafo sergipano Luiz Carlos Sousa Silva é o novo Coordenador Geral do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas do Brasil. Ele foi empossado no último dia 9, na cidade de Vitória/ES, para o biênio 22/23. O informe sobre a conquista do sergipano, elegante e competentemente feito pelo irmão dele, o jornalista Gilson Sousa, diz mais: “Luiz Carlos é Mestre e Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e é também professor da rede estadual de ensino. No cargo de coordenador geral do Fórum, ele estará representando a Deso, empresa da qual é funcionário de carreira, e o Estado de Sergipe. O Fórum Nacional terá como coordenadores adjuntos o Rodrigo Hajar, de São Paulo, e a Leonice Lotufo, do Mato Grosso (ambos, na foto, ladeiam Luiz Carlos). A eleição ocorreu no mês de outubro e essa é a segunda vez que o sergipano Luiz Carlos assume o cargo que havia ocupado há quatro anos”. Agora, o que mais chamou a atenção de AndersonsBlog foi ver que tem muita gente boa, muitos profissionais qualificados, do porte de Luiz Carlos, por exemplo, na Deso, né? Mas porque é que a mesma vive dando vexame em termos de qualidade do serviço e, o pior, quando nem se digna a discutir a composição de uma taxa de esgoto de 80%? Tá na hora do governador Belivaldo Chagas (PSD) prestar uma imensa contribuição aos sergipanos: profissionaliza a gestão da Deso, governador! Como se vê, gente qualificada a empresa tem de sobra. Basta que, assim como o destaque do geógrafo Luiz Carlos Sousa Silva prestigia a Deso como um todo, Belivaldo passe a prestigiar a Deso e toda a população colocando no comando dela gente que se destaca justamente pela capacidade profissional. Gente boa o suficiente, nos quadros da própria Deso, tem de sobra, viu? Simples assim!

Deixe um Comentário