Parque dos Falcões e as lições que temos que aprender e colocar em prática quando o assunto é desenvolvimento sustentável

Eis José Percílio, criador e principal mantenedor do Parque dos Falcões, uma das maiores, senão a maior atração eco turística sergipana. Eis Adailton Sousa, prefeito de Itabaiana, município em que o Parque dos Falcões está localizado. Eis Belivaldo Chagas, governador do Estado que se tornou referência no trato com aves de rapina por causa do Parque dos Falcões. E eis Roberto Carlos Currais, diretor-presidente da Energisa em Sergipe, empresa que ganha projeção mundial ao atrelar seu nome ao Parque dos Falcões. Na última sexta, 4, a Energisa inaugurou a reforma e ampliação que promoveu no local. E o que essas figuras todas têm em comum, além do próprio parque? Simples: Percílio é o homem que realizou o sonho, Adailton e Belivaldo, representantes de entes federados, acreditaram no sonho de Percílio, e a Energisa, empresa privada, investe para que o sonho de Percílio – e de todos os amantes da natureza, se torne uma realidade economicamente viável. E o que todos nós podemos aprender e apreender disso tudo? Simples também: num mundo absolutamente conectado, não dá mais para acreditar que, sendo uma ilha, alguém conseguirá criar e manter espaços como o Parque dos Falcões. Está mais do que na hora de governantes e empresários investirem, irmanados, naquilo que nos faz fortes e diferenciados. O sonho de Percílio é uma realidade e aponta para um futuro em que todos, cada um fazendo a parte que lhe couber, construiremos as bases para que sonhos se realizem e sejam parte de um tão falado, mas tão pouco praticado, desenvolvimento sustentável. Que assim seja!

3 Comentários

  • Netto Ribeiro

    8 de março de 2022 - 21:25

    Abordagem primorosa e profunda, sobre a importância de se entender as funções sociais e sobretudo a relevância da união de forças para o benefício comum. Um bom exemplo apresentado. Parabéns.

  • Antonio luiz

    8 de março de 2022 - 21:33

    Parabéns pela iniciativa de todos envolvidos! Ao menos a natureza e acredito que a humanidade agradeçe!

  • Anicese Rabelo de Vasconcelos

    8 de março de 2022 - 23:16

    Qdo acreditam num sonho, ele concretiza-se!

Deixe um Comentário