Por falar em sinuca de bico, é exatamente numa dessas que se encontram Belivaldo Chagas e o movimento Polícia Unida

Quando um não quer, dois não brigam. Não parece ser essa a situação atual na relação entre o governador Belivaldo Chagas e o movimento Polícia Unida, pois os dois parecem querer brigar. E embora não deseje o papel de advogado do diabo, AndersonsBlog não pode deixar de reconhecer que ambos os lados, aí nessa querela, têm suas razões para querer o confronto. Do lado do governador, o inicialmente anunciado reajuste de 5% cresceu para 7%. Diferença pró aumento de 40%. É pouco? Claro, mas não deixa de ser uma sinalização de que, embora não tenha se disposto a debater esse pretendido reajuste salarial, o governador sinaliza, especialmente para a população, que está fazendo a sua parte, ainda que não seja a contento das forças de segurança. Mas não se pode acusar Belivaldo de, em última análise, não ter feito absolutamente nada. Já por parte dos policiais unidos em um só movimento, a chateação é, claro, pelo índice abaixo do desejado por eles, mas também justamente por aquilo que consideram uma falta de consideração do governador ao não sentar pra negociar. Quando as partes se consideram certas, só mesmo a Justiça para mediar, né isso? Assim, a sinuca de bico de Belivaldo se dá por que ele não deverá ceder ao Polícia Unida, seja pelo seu estilo, seja para não desagradar ainda mais outras categorias que também estão de bico torcido desde já. E a sinuca do Polícia Unida é que, agora, só mesmo o aquartelamento, a insurgência mesmo é que parece se tornar o destino do movimento. Nas duas situações, a escalada de tensão só tende a aumentar. E, nas duas situações, só mesmo a população é que sairá prejudicada. Vai vendo!

1 Comentário

  • Adriana de souza

    9 de março de 2022 - 20:32

    Boa noite eu sou a favor do aquartelamento e a polícia civil tb para esse governo não tem palavras o cofre do estado estão cheio de dinheiro por descontar previdência dos aposentados e pensionistas e reformados isso é um absurdo

Deixe um Comentário