Série Renovação na Alese – 2ª Temporada – Otávio Sobral, de Itaporanga, lutará para que Marcelo Sobral chegue à Alese em outubro

A série especial de AndersonsBlog, que analisa a possibilidade de renovação na Alese em outubro próximo, se baseia na força de prefeitos de cidades sergipanas em relação a eleger nomes locais, de seus respectivos grupos, para o legislativo estadual nas próximas eleições. E, nesta edição, vamos até a cidade de Itaporanga D’Ajuda, aonde o prefeito reeleito Otávio Sobral (PP) terá a oportunidade de apoiar a pré-candidatura de seu filho, Marcelo Sobral, a deputado estadual em 22. Vale destacar que Marcelo é também o procurador do município. E ele pode ser considerado um representante da chamada Jovem Advocacia, apesar de, apenas na prefeitura de Itaporanga, ter desempenhado um papel que muita gente experiente evitaria: o de “arrumador” da casa. Explica-se: AndersonsBlog, ainda no primeiro mandato de Otávio, trabalhava num até então importante semanário do jornalismo sergipano. E foi conhecer de perto a prefeitura assumida por ele. Numa palavra apenas? Uma bagaceira! Sim, porque os serviços públicos estavam extremamente prejudicados por uma série de dívidas deixadas pela gestão anterior, além de equipamentos, prédios e veículos públicos absolutamente sucateados. Um cenário de horror mesmo! E coube a Marcelo a parte mais dura nesse processo: enquanto procurador, ele teria que negociar com todo o funcionalismo, com fornecedores, com prestadores de serviço, além de encontrar os caminhos legais para colocar a casa em ordem. E foi isso que ele fez, até mesmo para proteger e qualificar a gestão do próprio pai. Só que isso gera desgastes, pois acaba mexendo com interesses de algumas castas que, por conta da influência política que possuíam até ali, se julgavam intocáveis. Marcelo não recuou, mas ao mesmo tempo não fechou portas. Conversou, dialogou, cedeu, endureceu, enfim, fez o que foi preciso para arrumar a administração itaporanguense. E conseguiu! Só que, por conta dos necessários ajustes, a cidade passou a viver um zum-zum-zum de que Otávio não teria chance na reeleição. Mais uma vez Marcelo entrou em campo: foi pra linha de frente da campanha do pai, e, veja só, leitor e leitora, do ponto de vista agora eleitoral, conversou, dialogou, cedeu, endureceu, enfim, fez o que tinha que ser feito. Resultado: se em 2016 a vitória de Otávio sobre Gracinha Garcez (PSD) foi por 1876 votos de diferença, em 2020, sua reeleição contra a mesma Gracinha se deu por 2166 votos de diferença. Ou seja: Marcelo Sobral teve e tem muita importância no bom desempenho administrativo e eleitoral de Otávio. E uma pré-candidatura sua tem reais chances de vitória em outubro de 22. Simples assim! E a oposição? Bem, a oposição que lute. Tendo em Gracinha seu principal nome, atualmente sendo ela deputada estadual, com mandato conquistado no tapetão em virtude da cassação de Diná Almeida (Pode), os oposicionistas terão que suar muito a camisa para terem chance de, em Itaporanga, derrotar Otávio com a pré-candidatura de Marcelo. E Itaporanga, seguramente, é uma das cidades sergipanas em que o prefeito atual terá grandes chances de, através justamente de Marcelo Sobral, ajudar na renovação da Alese neste 22. E até a próxima edição da Série Renovação na Alese – 2ª temporada.

Deixe um Comentário