Servidores federais inovam: campanha salarial e de combate ao fim dos direitos tem testagem grátis de Covid-19

A equação é bem simples: enquanto sindicatos lutam pelos seus sindicalizados, nem sempre a população se sente partícipe e, assim, nem sempre se sensibiliza. Mas quando esses mesmos sindicatos usam e abusam da criatividade, aí a coisa fica bem diferente. Nessa manhã de segunda, 7, o Fórum Sergipano de Servidores Federais (FOESSFE), que conta com sua composição feita com a participação do Sintufs, Adufs, Sindprev-SE, ASIGBE, Sinasefe Sergipe e outro, está na praça General Valadão realizando suas legítimas manifestações. Mas, veja bem, leitor e leitora, não se trata de paralisar o trânsito para chamar a atenção dos transeuntes. Na verdade, os sindicalistas tiveram uma ideia tão simples, quanto eficaz: realizarão 300 testes de Covid-19 gratuitamente. Nisso, concomitantemente, informarão as pessoas sobre quais são seus pleitos, sobre o que pretendem do ponto de vista de combate às políticas públicas aplicadas pelo Governo Federal junto aos seus servidores e assim por diante. AndersonBlog tem sido muito claro: servidores, sejam eles em qual esfera governamental for, merecem ser valorizados. Mas não dá para penalizar ainda mais a população com protestos que atrapalham a vida das pessoas, né? O coordenador do Sintufs, Fábio Farias, resumiu bem: “estamos dialogando com a população, estamos fazendo testagem de Covid também, na campanha dos sindicatos dos servidores federais para valorizar os serviços públicos no Brasil. Estamos denunciando tudo que tem feito em relação ao serviço público, tentando enterrar a PEC 32, que é a reforma administrativa que vai acabar com o serviço público no Brasil, e com nossa campanha salarial dos 19,99%”. Ouse seja: o fórum dos sindicatos federais se organizou, colou o braço na seringa ao buscar formas de beneficiar a população, caso dos testes de Covid, e, assim, poderá dialogar com a sociedade, explicando claramente o que é que pretende com suas manifestações, angariando simpatia para as causas que defendem. Né muito melhor do que fazer pressão, parar trânsito, fazer piquete, ocupar espaços públicos e coisa e tal? Fica a dica!

Deixe um Comentário