Talysson de Valmir e um exemplo mais do que claro daquilo que AndersonsBlog cobra quanto a um legislar qualificado

Uma boa polêmica, desde que não seja gratuita e infrutífera, é sempre muito bem-vinda aqui em AndersonsBlog. E foi isso que aconteceu com uma recente postagem, intitulada “Deputado João Marcelo e quando o marketing falha miseravelmente ao tentar ser mais realista que o próprio reino inteiro”, na qual o blog questionava ação de marketing do parlamentar para vincular seu nome a redução de preço do gás de cozinha, algo desejável, claro, através de um projeto de lei que proporia zerar a alíquota de impostos sobre o produto, algo também desejável, mas que fugiria da alçada legislativa, uma vez que não cabe a esse poder nem aumentar despesas e nem diminuir receitas de nenhum Executivo. Isso é basilar nas relações de interdependência entre os poderes, ora pois! E aí a polêmica se instaurou: uns concordando ou discordando, outros atacando o blog ou o deputado, mas tudo dentro da proposta de AndersonsBlog, ou seja, levantar questões relevantes para gerar os necessários debates. Mas como, desde sempre, este jornalista aprendeu que apontar o dedo na crítica não é saudável se também não se apontar um eficiente contraponto como exemplo, eis que chegamos ao apagar das luzes de 2021 na Alese com um projeto realmente necessário, exequível e eficiente, de interesse efetivamente público, sendo aprovado e aguardando sanção do governador Belivaldo Chagas (PSD). Trata-se do PL 261/2021 do deputado Talysson de Valmir (PL), que propõe a criação da “Campanha de Combate a Golpes Financeiros Praticados Contra Idosos”. Como foi aprovado este ano, possivelmente no próximo mês de outubro, a partir do dia 1º, que é o Dia Estadual do Idoso, caberá ao governo, por iniciativa própria ou através de parcerias privadas, promover uma grandiosa campanha educativa com informações acerca dos execráveis golpes financeiros a que os idosos se veem sob riscos até mesmo por parte de seus familiares – o que tipifica como ainda mais cruel esse tipo de crime. Enfim, se trata de um projeto que tem repercussão social enorme, basta ver o quanto esse tipo de ação criminosa tem crescido nos últimos tempos, inclusive ganhando grande repercussão midiática; que é exequível inclusive por permitir que o governo faça parcerias com o setor privado, sendo que bancos e financeiras em geral devem demonstrar todo o interesse nessa causa, visto que, em se comprovando que o idoso ou a idoso foram vítimas de golpe, cabe a essas instituições financeiras, via decisão judicial, ressarcirem as vítimas; e por fim, mas não menos importante, é um projeto coberto por toda a legalidade possível e imaginável. Portanto é disso que se trata a cobrança de AndersonsBlog por uma atuação parlamentar e legislativa de qualidade e que resulte em benefícios reais para a população. E olha que, ao menos até agora, o marketing do deputado Talysson não colocou em outdoors essa conquista do parlamentar e da sociedade, ainda que, nesse caso, merecidamente pudesse fazê-lo justamente por se tratar de um projeto de lei muito nobre e qualificado. E aí, dá para entender ou precisa desenhar o que é que é um projeto de lei na acepção do termo? Sem mais!

 

Deixe um Comentário