Temporada de caça ao Pato 2: respeitando declaração e narrando fatos de forma fidedigna, Joedson Teles e Rita Oliveira acertam na veia na cobertura sobre Valmir de Francisquinho

(e no episódio anterior… AndersonsBlog iniciou análise sobre a postura de ícones da comunicação sergipana sobre a não-presença de Valmir de Francisquinho em inauguração do governo Bolsonaro. Agora, a parte 2…)

Bem, aproveitando o modus operandi de 100% da imprensa sergipana desde a terça, 17, que chegou a esta quarta, 18, AndersonsBlog não ficará de fora: como o assunto é um e tão somente um, Valmir de Framcisquinho (PL), pré a governador, e seu não comparecimento na inauguração de trecho da duplicação da BR101, vamos que vamos analisando a postura de Valmir e a cobertura de gente boa e referencial do jornalismo sergipano. Desta feita, comecemos com o jornalista e articulista político Joedson Telles. O editor do portal Universo Político foi preciso ao repercutir fala do próprio Valmir dizendo que estará presente em evento com o presidente Jair Bolsonaro (PL) em “momento oportuno”, ou seja, em momento político e não administrativo, justamente para evitar riscos jurídicos a sua pré e a sua futura candidatura. Perfeito, sem reparos! Já a jornalista Rita Oliveira, com a perspicácia que lhe é peculiar, narrou fatos que lhe foram passados por um determinado pré ao governo – que nem será citado aqui em virtude de uma postura clara deste AndersonsBlog: pré candidato que só focar na disputa nacional será tratado como pré-candidato acessório, a serviço de outrem e sem mérito na disputa que interessa, que é a eleição estadual e ponto. Nessa narrativa, o tal pré revela que, em horário exato, recebeu ligação de Bolsonaro, não atendeu porque não estava acordado, quando acordou, retornou, foi ao aeroporto, recusou acompanhar a comitiva por razões de saúde e, diante do exposto, deixou antever que seria o “queridinho” do presidente e coisa e tal. E é aqui que a perspicácia de Rita ajudou a deixar claro pra todo mundo uma coisa que a sabedoria popular reconhece no ato: ciúme de homem é uma merda! Sim, na cobertura qualificada de Rita Oliveira para o Jornal do Dia, não restou sombra de dúvida que a tal pré-candidatura acessória não está interessada no debate maior, nas questões sergipanas, mas se seria ele ou se seria Valmir o preferido de Bolsonaro! E quando a população consegue perceber os movimentos dos políticos através da imprensa, é aí que o jornalismo se agiganta e merece o epíteto de quarto poder por absoluto mérito. Valeu, Joedson! Valeu, Rita! Sergipe também agradece a vocês pela qualidade da cobertura do fato maior da visita de Bolsonaro: a não-presença de Valmir de Francisquinho no referido evento! Sigamos!

E daqui a pouco, seguindo o fluxo, como diria Deivinho Novaes, mais uma vez, a exemplo de toda a mídia sergipana, AndersonsBlog seguirá escrevendo e analisando sobre… Valmir de Francisquinho!

2 Comentários

  • Almeida

    18 de maio de 2022 - 18:57

    Parabéns pela maneira republicana que vc faz jornalismo.

  • Aderaldo Prata

    19 de maio de 2022 - 13:16

    Que o meu candidato se cuide, ao ter q subir num palanque corroído por tantos ratos.

Deixe um Comentário