Temporada de caça ao Pato 3 (último episódio – espera-se!): Valmir de Francisquinho resistirá aos ataques coordenados de adversários e de uma parte menor da imprensa?

(…nos episódios anteriores… AndersonsBlog analisou a postura decente e correta de muita gente boa da imprensa em relação a não-presença do pré ao governo Valmir de Francisquinho na visita de Bolsonaro a Sergipe)

Este derradeiro texto da série Caça ao Pato estava pronto desde ontem, quarta, 18. Mas AndersonsBlog se viu num dilema: após analisar o acompanhamento e a análise correta por parte de gente muito boa da imprensa sergipana acerca da visita do presidente Jair Bolsonaro a Sergipe e do não-comparecimento do pré ao governo Valmir de Francisquinho, ambos PL, ao referido evento, havia chegado a hora de avaliar o comportamento no mínimo suspeito de uma parte menor dessa mesma imprensa em relação a esse mesmo acontecimento. Porém, uma dúvida persistiu: valeria a pena revelar os nomes desses profissionais que deturparam os fatos sabe-se lá com quais intenções? Depois de muito refletir, AndersonsBlog chegou a conclusão de que não valeria. É que, apesar de ser um blog de opinião, sem amarras ou segundas intenções, a verdade é que se expor nomes é algo tão cruel quanto os ataques que lulopetistas, antigamente, e bolsonaristas, atualmente, realizaram contra profissionais da Rede Globo: no afã de atacar a emissora, acabavam ofendendo trabalhadores e isso não tem nada a ver, né? Assim, sem citar nomes, deixando que a sabedoria da população avalie de quem se tratam, AndersonsBlog vai focar em dois temas que, de forma acessória foram levantados como críticas diretas a Valmir de Francisquinho. 1) Imagina o cara, no caso Valmir, dar uma declaração numa emissora se rádio ao meio dia, à noitinha um determinado profissional a repercutir e, poucas horas depois isso se tornar um vídeo apócrifo na Internet! Imaginou? Pois bem, isso ocorreu de fato. Valmir falou que havia conversado com todas as prés ao governo numa entrevista em Glória, mas o recorte repercutido foi somente em relação as conversações com o pré Rogério Carvalho (PT) e, após a repercussão, um videozinho bem safado começou a rodar na Internet. 2) Imagina que, com o pretexto de repercutir a inauguração realizada pelo Governo Federal, alguém entrevista Valmir e, depois, se apega a uma inverdade e espalha na net isso! Imaginou? Pois é, isso aconteceu também, com Valmir sendo questionado sobre o motivo alegado de não ter participado da inauguração, que seria evitar problemas com a legislação eleitoral e, depois, o mesmo entrevistador afirmar que Valmir estaria “inelegível”, ainda que o mesmo tenha informado que entrou com recurso no TSE e, com isso, a decisão do TRE estava suspensa até o julgamento final, o que garante a elegibilidade dele. No primeiro caso, o recorte proposital serviu para uma tentativa de causar mau estar entre Valmir e a parte bolsonarista de seus eleitores. No segundo, a informação errada, serviu para alimentar dezenas de fake news que inundaram a net com uma ridícula mentira que garantia a não-candidatura de Valmir – talvez esse o maior sonho de seus adversários, né verdade? Bem, AndersonsBlog é um blog de opinião, não de aconselhamento profissional. Mas, como conselho é que nem café, só toma quem quer, vamos lá: a esses integrantes da parte menor da imprensa, a sugestão é que passem a emitir suas opiniões claramente, sem tentar, sob um falso verniz de imparcialidade, nem atacar e nem elogiar ninguém. É simples e fácil de fazer, garantindo credibilidade até mesmo nas discordâncias, viu? Agora, em relação a pergunta do título desta postagem, AndersonsBlog emite sua opinião sem pestanejar: as chances de Valmir de Francisquinho suportar tantos ataques e pressões de forma altiva e íntegra são gigantescas. E a razão, para este site, é simples demais: a pré do Pato ao governo não nasceu de um desejo pessoal e nem de um acordo de lideranças. Por ter nascido no seio da população, como se vê claramente até esse momento, é uma pré-candidatura que, mesmo sob o mais cerrado fogo cruzado, será defendida justamente por que a patrocina e apoia: o povo!

1 Comentário

  • Tancredo Wanderley

    19 de maio de 2022 - 18:25

    Com Valmir 22! Para Sergipe mudar

Deixe um Comentário