Valdevan Noventa e a nomenclatura que permite interpretações

Este mesmo AndersonsBlog já fez questão de defender o direito do deputado federal Valdevan Noventa (PL) concorrer ao que quiser, desde que devidamente liberado pela Justiça Eleitoral, em 22. O nome disso é direito democrático e ponto. Mas, em recente entrevista acompanhada pelo blog, Valdevan fez uma declaração no mínimo questionável. Perguntado se o ex-prefeito da Capela, Manoel Sukita, seria seu coordenador na provável campanha ao Senado no ano que bem, o parlamentar rebateu dizendo que ele seria mais “um somador”. Olha só, leitor e leitora, o quanto um termo mal colocado pode ser mal interpretado ou até mesmo sugerir um ato falho revelador: “somador” de quê? De votos, ok! Mas somador é aquele que soma qualquer coisa, inclusive dinheiro, né?. E isso, numa política questionada pelo fato de estar se tornando cada vez mais venal, cada vez mais dominada pelo poder econômico, pega muito mal mesmo. AndersonsBlog quer crer que se tratou de um deslize verborrágico de Valdevan Noventa. Mas que ficou estranho demais tratar um aliado como “somador”, ficou!

Deixe um Comentário