NOTÍCIA URGENTE – Caça ao Pato não terminou: ainda cabe recurso da decisão do TSE pela inelegibilidade de Valmir de Francisquinho

AndersonsBlog apurou que, caso deseje, o pré ao governo, Valmir de Francisquinho (PL), através da sua defesa, bem como o deputado Talysson de Valmir, também PL e também através de sua defesa, podem recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o mandato de Talysson e tornou inelegíveis tanto ele como Valmir.

Claro que essas filigranas jurídicas são complexas e de difícil entendimento, disso ninguém duvida. Mas há uma máxima, fundamentada na Constituição Federal, de que ninguém pode ser condenado definitivamente antes que todos os recursos possíveis e existentes no Judiciário brasileiro sejam esgotados.

Dessa forma, segundo uma fonte da equipe de defesa de Valmir de Francisquinho, ouvida por AndersonsBlog, o recurso é possível e mais: diante da votação apertada no TSE, sendo que o ministro presidente do tribunal, Edson Fachin, teve que manifestar seu voto de minerva, uma vez que o pleno da corte empatou o julgamento, a expectativa é que o recurso seja efetivamente apresentado o mais rapidamente possível.

Os próximos passos da defesa, portanto, serão os seguintes: aguardar a publicação do acórdão da decisão do TSE desta quinta, 23, para, com base nele, decidir se o recurso será impetrado no próprio TSE, como algum embargo, por exemplo, ou o envio do recurso diretamente ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Mas ao menos uma informação pode acalmar os corações tanto dos que torcem para o sucesso de Valmir, como para os que torcem – e operam fortemente, claro! – para o seu fracasso: seja no próprio TSE, seja no STF, o recurso da defesa de Valmir de Francisquinho deve ser analisado com extrema rapidez. Ao menos isso, né? Sigamos…

 

2 Comentários

  • CIDADAO DE BEM

    23 de junho de 2022 - 14:59

    Provérbios 16:18-19.

    “Dai tempo ao tempo, que lhe mostrareis a verdade.” Já dizia o velho ditado que enaltece a justiça sobre as coisas aqui, na terra, provocadas pelos seres humanos. Se é que podem ser comparados a seres humanos. Políticos vivendo num palco de prepotência. Autoestima exacerbada, personalidade catastrófica, desmerecimento dos mais necessitados, e ainda usando e abusando do poder e maquina pública.

    “Vou bater nos dois viu?”. Frase bastante ouvida, e guardada no coração de quem estava à oposição com certo rancor, mas com a sabedoria de usar do tempo, para acreditar que a justiça estava por vir. Vai que essa surra volta em dado momento em que se estivesse novamente, tentando, por a população para trás, passando uma imagem de ser o melhor para o Estado? Ela tarda, mas nunca falha. Mexeram-se os pauzinhos, mas quem “Com o ferro fere, com o ferro será ferido”. Não por tais acusações, que ficaram na cara que ali já tínhamos um delinquente com a máquina publica na mão, e sim matadouro foi o golpe cravado pelo TSE no peito daquele dito cujo, que desde sua primeira acusação já era para está inelegível e pagando pelos seus erros. Erros cometidos diante de um povo honesto e trabalhador, manchando assim a imagem do povo e da grande Itabaiana.
    Justiça seja feita e aplicada, pois quem procura, uma hora, acha.
    E agora, vão continuar batendo em dois, três, (4 x 3)?

  • Casos e causos das Eleições 22 – o que Marcelo Deda, em 10, Valmir de Francisquinho, em 22, e o Aeroporto Santa Maria têm em comum? Vai vendo... - Jornalismo | Andersonsblog

    24 de junho de 2022 - 16:19

    […] teve uma derrota apertada no mesmo TSE nesta quinta, 23, da qual cabe recurso (leia mais aqui). Mas o início da madrugada da sexta, 24, um feriado, com shows rolando em todos os cantos do […]

Deixe um Comentário