“Que deselegante”: Belivaldo Chagas ignora que Simão Dias tem prefeito. Ressaca eleitoral?

Olha que coisa legal: o governo estadual está em processo de permuta com o Judiciário sergipano pra beneficiar o povo de Simão Dias. É que o local em que funciona o Ministério Público no município será cedido para a construção de um Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC), mediante a contrapartida do governo na construção de uma nova sede para o MP. Tudo bem encaminhado em reunião entre o procurador-geral do MP, Manoel Machado Neto, o presidente do TJ, Edson Ulisses de Melo, e o governador Belivaldo Chagas na quarta, 10. Agora, olha que coisa chata: a reunião entre o Executivo e o Judiciário estadual contou também com a presença dos secretários estaduais José Carlos Felizola e Ubirajara Barreto; do Procurador Geral do Estado, Vinícius Oliveira, e do presidente da Cehop, Caetano Quarenta, e outros, conforme foto de Arthuro Paganini pode comprovar. Mas cadê o prefeito de Simão Dias, Cristiano Viana, nessa mesma reunião? Até onde AndersonsBlog conseguiu apurar, Cristiano não foi sequer convidado para uma reunião em Simão Dias pra tomar decisão que diz respeito diretamente à cidade que ele administra! Todo o Sergipe conhece o perfil de Belivaldo, que se assemelha a lenda nordestina de Seu Lunga. Mas quando aquele jeito embirrado, brutão, serve para enfatizar posições, tudo bem, pois até dá as mãos a um humor necessário diante da dureza da vida. Mas quando esse jeitão se abraça com a descortesia, como foi o caso, aí é ruim, pega mal e apenas demonstraria que Belivaldo não digeriu a derrota pra Cristiano nas eleições de novembro passado. Mas isso é algo tão desnecessário, mas tão desnecessário que não resta a coluna outra coisa a não ser lembrar de dois saudosos: Déda e João Alves. Em vida, jamais, em tempo algum, se uniram na política. Mas também jamais, em tempo algum, se desrespeitaram na administração e, o principal, na vida. Simples assim!

Deixe um Comentário