Arquivamento do processo do governo contra Danielle, Georgeo e Rocha. Ou quando o Bicho-Papão vira Bicho-Papinha!

Não é de hoje, e isso as postagens de AndersonsBlog confirmam, que este espaço destaca que o governador Belivaldo Chagas (PSD), deliberadamente ou não, comete auto sabotagem em situações limites. É aquela coisa de um pessimismo extremo, lá no início de sua gestão, ou de respostas nada produtivas em momentos desnecessários, como no caso de uma suposta ameaça de morte e por aí vai. E mais um desses momentos teve um desfecho chato para o governo e o governador, mas muito legal – ainda bem! – para os demais envolvidos. Trata-se do arquivamento, por ordem da Justiça, da denúncia feita pela Procuradoria Geral do Estado contra a delegada Danielle Garcia (Podemos), o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) e o Coronel Rocha (Mobiliza). A questiúncula toda começou porque esses três cobraram do governo estadual o fato de que o IPVA 2022 teria aumento, pois levaria em consideração o valor da tabela Fipe para veículos automotores. Aí, como o governo não havia aumentado a alíquota, passou a tratar a denúncia do trio como sendo uma fake news. Mas, ao final e ao cabo, o aumento realmente existiu e o povo é que sofreu no bolso as consequências. Resultado da querela? Danielle Garcia, dona de um considerável recall eleitoral por conta de sua ida ao segundo turno na eleição de Aracaju em 20, reforça sua posição para buscar uma cadeira no Senado em 22; Georgeo Passos, tido, havido e reconhecido como um parlamentar de excelência pelos seus muitos eleitores ganha ainda mais força em seu discurso e mais peso na busca pela sua reeleição; e Coronel Rocha, bolsonarista assumido e convicto, ganha ainda mais projeção e oportunidade de protagonizar o seu ideário político nessas eleições. E Belivaldo? Segue dando murro em ponta de faca ao comprar brigas desnecessárias e, com isso, se desgastar sem a menor necessidade. AndersonsBlog já disse e repete: Belivaldo é um cara legal, bem-intencionado, até! Mas quando age com o fígado, perde a oportunidade de ficar calado. Simples assim! Esse caso do arquivamento da denúncia contra três cidadãos, sendo um deles parlamentar – o que é, em tempos democráticos, um tremendo absurdo – é emblemático. O que era para ser uma bomba atômica se transformou em um traque de massa molhado! E o Bicho-Papão virou Bicho-Papinha! Aliás, essa coisa de provocar a Justiça em qualquer situação acaba se tornando sinônimo de perseguição. Que o diga o recente episódio envolvendo o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL). Não que um caso tenha a ver com o outro. Mas que a Justiça só deve ser acionada em situações claras e objetivas, sob pena de, em caso contrário, passar a ideia de que se está perseguindo quem quer que seja, isso é uma verdade cada vez mais aparente para toda a população. Mas aí já é assunto para uma outra postagem! Sigamos!

Deixe um Comentário